Wednesday, 12 February 2014

Pickpockets (ou batedores de carteiras) na Europa

Quando a gente sai do Brasil para fazer uma viagem à Europa, pensamos em tudo: hotel, voo, dinheiro, seguro saúde mas dificilmente pensamos na possibilidade de sermos furtados.

Você ser abordado por um assaltante na Europa é muito raro (muito mesmo!), principalmente nas regiões turísticas. Mas infelizmente os crimes dos "pickpockets", que são aquelas pessoas que se aproveitam de um descuido, uma mochila aberta, uma bolsa deixada de lado, estão aumentando a cada ano que passa. 



Ontem assisti um programa que falava das varias técnicas que os "pickpockets" estão usando atualmente pela Europa e achei valido compartilhar aqui, dessa forma vocês podem viajar mais preparados para eventuais acontecimentos. 

Se compararmos  às outras capitais europeias, Londres ainda é um pouco mais tranquila nesse aspecto, talvez pelo intenso policiamento nas áreas turísticas, inclusive policiais disfarçados nos metros. Já na Espanha, por exemplo, a policia só pode prender o "pickpocket" se ele roubar mais de €400. Ou seja, mesmo que eles peguem um ladrão no flagra se ele tiver menos de €400 com ele a policia não pode fazer nada além de dar uma advertência e em alguns casos uma multa. Então a policia acaba soltando o batedor de carteiras nas ruas de novo pra cometer novos crimes.



Pra tentar evitar que vocês passem por essa experiencia desagradável eu fiz uma lista das técnicas mais utilizadas atualmente. Se vocês lembrarem de mais alguma, deixem um comentário que eu atualizo o post. Dessa forma ele fica bem completo. 

1 - Truque da petição falsa

Esse truque está espalhado em várias cidades da Europa, mas eu ainda não vi em Londres. Geralmente são grupos de meninas que ficam em locais turísticos (estações, praças e monumentos) com uma pasta da mão, pedindo assinaturas e doações para uma petição. Algumas fingem ser surdas/mudas, outras são mais vocais e abordam você falando sobre a falsa petição. Não se comova ou perca seu tempo. As petições são falsas e elas aproveitam a sua distração para tentar roubar. Quando elas estão sozinhas, tentam colocar a pasta (da petição) cobrindo a sua bolsa pra que você não veja ela tentando abrir. Quando estão em grupos, enquanto uma fala, a outra rouba.

Enquanto uma conversa, a outra rouba.

Petição falsa

2 - Truque da mancha

Também feito por um grupo (ou gangue), mas você não percebe. O primeiro membro da gangue passa e joga algum liquido na sua roupa, geralmente nas costas, sem você ver. Dai vem o segundo, como bom samaritano, te avisar que as suas costas estão sujas e sai. Se o turista tiver de mochila/bolsa, ele provavelmente vai tirar a mochila das costas (ou bolsa do ombro), colocar no chão e tentar ver a mancha. E é aih que entra o terceiro membro da gangue. Ele fica esperando o turista deixar a mochila de lado por 1 segundo para roubá-la. 
Então, se você passar por uma situação parecida apenas ignore e continue andando ate chegar num local onde você se sinta seguro pra checar a tal mancha. 

3 - Truque do anão na mala

Esse eu tenho que confessar que fiquei impressionada. Muitos dos aeroportos das cidades europeias ficam super longe do centro, muitas vezes em cidades satélites. Então é costumeiro você ter que pegar um ônibus que faça o trajeto aeroporto-centro pra chegar no destino. Nesses ônibus você não pode subir com suas malas, apenas a bagagem de mão. Ou seja, se você tiver viajando com uma mala maior, você terá que deixá-la no compartimento das bagagens. 
As gangues, sabendo dessa restrição, pegam o mesmo ônibus e colocam um anão (ou uma pessoa pequena) dentro de uma sacola e colocam essa sacola dentro do compartimento das malas. Enquanto o ônibus está em movimento essa pessoa sai de dentro da sacola e vai vasculhar as malas dos outros passageiros, roubando o que quiser. Depois ele volta pra dentro da sacola, juntamente com as coisas roubadas, e espera ate que os comparsas recolham a mala. A vitima retira a mala sem saber o que aconteceu e muitas vezes só se dá conta do roubo quando abre a mala no hotel. Portanto, nunca deixem NADA de valor em malas. Tudo de valor tem que ficar na bagagem de mão. 



4 - Truque do Ronaldinho

Tem muito brasileiro que cai nesse que nem patinho! Principalmente quem tem o costume de turistar usando a camisa da seleção brasileira. Os pickpockets, sabendo da nossa paixão pelo futebol, se aproximam e começam a falar de futebol, do Pele, do Ronaldinho, Neymar, etc. Nessa aproximação eles tentam um abraço, um drible com os pés, um samba (como se tudo fosse uma brincadeira) e com toda a movimentação você nem percebe que foi roubado. Desconfie de TODO estranho que tentar se aproximar de você. 
Nesse link você pode ver o truque Ronaldinho sendo aplicado em Barcelona. (desculpa, nao consegui fazer o upload do vídeo)



5 - Truque da magica

Esse é super popular, tem em quase todas cidades. Aqui em Londres vira e mexe eu vejo uns na Westminster Bridge, pertinho da London Eye. Esse truque também é praticado por gangues. Um membro é o magico, outro finge que está apostando e o terceiro fica rondando, esperando qualquer descuido da plateia que esta assistindo a magica. Aqui em Londres geralmente o magico apresenta 3 copinhos e esconde uma bolinha dentro de um desses copos. Quem acertar em qual copo a bolinha está ganha a aposta. Como ele tem um parceiro escondido na plateia, o magico "perde" algumas rodadas  para o amigo comparsa, dessa forma a plateia pensa que também tem chance e acaba participando. Pode ter certeza que você só vai perder dinheiro nessa brincadeira. E mais, enquanto você ta la entretido vendo a magica outros membros da gangue estão tentando roubar sua mochila ou bolsa. Minha sugestão: quer ver magica? Va pro circo que é mais negocio. 



6 - Golpe do anel

Aparentemente esse golpe também é usado no Brasil. Você está andando pela rua quando é abordado por alguém que lhe pergunta se você deixou cair um anel (ou um brinco, ou uma carteira, etc). Enquanto você está distraído tentando confirmar se aquilo é realmente seu, eles aproveitam pra tentar se aproximar e roubar sua bolsa, câmera ou carteira. Quando não conseguem, eles aproveitam o fato de terem chamado a sua atenção para pedir dinheiro. 

7 - Truque das pulseiras de linha

Esse eu vi demais em Paris, pertinho da torre e da Sacre Coeur. Uma pessoa se aproxima de você com uma linha (tipo de costuma mesmo) e pede pra você estender o braço. Em questão de segundos, antes que você perceba, ele faz uma pulseira no seu braço e da um nó. E depois pede €10 por ela, é mole? E se eles tiverem em grupo, enquanto ele ta ali fazendo a pulseira no seu braço o colega fica livre pra agir e tentar roubar. 



8 - Truque do pickpocket desastrado

Nesse truque um membro da gangue finge ter derrubado a bolsa (ou qualquer outra coisa) no chao. Você se prontifica a ajudar. Enquanto você está ajudando um outro membro da gangue está tentando te roubar
.

Não estou dizendo pra vocês não ajudarem as pessoas nas ruas. Ajudem mas fiquem sempre de olho nos seus pertences, SEMPRE!

9 - No Transporte Publico

Sem duvidas o mais corriqueiro deles. Seja no ônibus ou no metro, o turista fica muito vulnerável aos pickpockets por conta da multidão e do corre-corre. Aqui em Londres tem vários policiais a paisana circulando no metro mas é sempre bom ficar de olho e tomar cuidado. Algumas dicas são essenciais pra você não passar por um aperto:

* Nunca fique com a mochila nas costas em cantos muito lotados. Seja na rua ou no transporte, sempre que houver uma certa lotação, vire a mochila pra frente pra evitar roubos.

* Se tiver de bolsa, certifique-se que todos os bolsos dela estão fechados. Uma coisa que eu sempre faco eh virar a abertura da bolsa pro meu corpo, dificultando ainda mais a ação dos pickpockets.

* Não coloque nada de valor nos bolsos externos (seja bolsa ou mochila).

* Evite viajar com aquelas mochilas de tecido fininho. Muitos pickpockets andam com um canivete e simplesmente rasgam as mochilas.

* Não coloquem nada em bolso de calça.



Nesse link você pode ver varias formas diferentes de como os pickpockets agem no transporte publico.

Essa é a minha lista mas eu tenho certeza que tem vários outros truques que ficaram de fora. Se você sabe de algum, deixa a sugestão no comentário pra eu adicionar aqui.

E se você tiver com uma viagem programada pra Londres e quiser uma guia brasileira em Londres que além de te acompanhar vai te alertar sobre todas essas coisas, é só entrar em contato comigo pelo email.

3 comments:

  1. hum... danadinhos heim? tem que vir para o Brasil fazer mestrado.

    ReplyDelete
  2. Fiquei 3 meses em Londres e 1 fim de semana em Paris vi dois desses truques acontecerem em Paris. Realmente todo o cuidado é pouco em cidades grandes, mas para mim ver isso acontecer comigo e outras pessoas em apenas um fim de semana foi um dos aspectos cruciais para amar Londres!

    ReplyDelete
  3. Obrigada pelas dicas, pois não conhecia a maioria destes golpes. Quando eu visitar a Europa vou ficar muito mais atenta, com certeza.
    Infelizmente essas coisas existem em todos os lugares, mas aqui no Brasil, ainda temos a violência escancarada, o que é ainda pior.

    ReplyDelete