Monday, 27 August 2012

Família real - Custo pro contribuinte

Post atualizado para refletir os valores de 2013.

No ano de 2013 o custo da família real foi de £35,7 milhões, sem contar os custos com a segurança deles. Esse valor dá um total de 56p (56 centavos) no ano para o contribuinte. Eu, particularmente, acho  baratíssimo e por mim, deixaria de "miséria" e arredondaria logo pra £1. Não sou monarquista mas no caso da Inglesa eu acho que eles trazem muito mais do que tiram do país. É, sem dúvidas, a monarquia mais famosa do mundo e acredito que boa parte dos turistas que vem à Londres querem visitar o palácio que a rainha mora, a igreja onde a Diana casou, a abadia onde o William casou e por aí vai. Se não fossem por eles, essas mesmas atracões não teriam o mesmo apelo turístico. 

Há muitos que pensam o contrário e acham que ter uma família real é uma coisa do passado e não querem ficar sustentando uma família que não faz "nada".

Visita à Irlanda

Já eu acho que eles fazem sim, e muito. A Rainha Elizabeth se compromete a atender uma média de 430 compromissos num ano. Nesses números estão incluídas: inaugurações, visitas à organizações e caridades, discursos, conhecer pessoas, receber chefes de Estado, etc. 

Todos os dias pela manhã ela recebe cerca de 200-300 emails do público. Ela seleciona alguns e avisa à sua staff como ela gostaria que eles fossem respondidos. Quase todas as cartas sāo respondidas. Depois, ela tem uma reunião com seu secretário particular que traz uma cota diárias de documentos oficiais, trazidos dentro da famosa "red box". 

Pasta que é levada diariamente à Rainha Elizabeth.

Todos são lidos e se necessário aprovados e assinados. Todas as quartas, às 18:30, ela tem uma reunião semanal com o primeiro ministro. As reuniões sāo confidenciais, nada é gravado e os dois ficam à sós na sala. E todos os dias, as 19:30 ela recebe o relatório do parlamento que é lido na mesma noite. Isso sem contar com recepções, jantares, visitas de presidentes, chefes de estado, etc.

Quando viajam, ela e o Principe Philip as vezes visitam eventos diferentes para garantir que o maior número de estabelecimentos e pessoas serão visitados. Só nesse último ano eles visitaram toda a Grã-Bretanha, a Irlanda, Jamaica e até a Australia.
Isso tudo para uma senhora de 86 e um senhor de 91 anos.
E aí, vale os 52p?



Em visita à Austrália



5 comments:

  1. Só a dedicação da rainha Elizabeth à causa da monarquia já vale. Imagine que é uma dedicação da vida toda.

    ReplyDelete
  2. Eu nao gostaria que os meus £0.52 de imposto fossem patrocinio da monarquia inglesa, ja que eles sao cacadores e nao tem etica alguma ou moral em relacao a animais, eu, como vegan abolicionista, gostaria de ter a opcao de escolha em o que o imposto que eu pago sera usado, escolheria para educacao, saude e bem estar animal. Nada pra monarquia, nada para sponges que recebem benefits aos meus custos. Se eu que nao nasci no pais posso dar a cara a tapa e ir trabalhar, porque eles todos nao podem tambem?

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi "anonimo", a monarquia e as pessoas que recebem beneficios sao 2 coisas totalmente diferentes. Independente de termos ou nao a monarquia, ainda teriamos que bancar o pessoa que recebe beneficios. Quanto o "para onde vai meu imposto" concordo que pra quem nao apoia a familia real é de lascar ter que bancar ela. Mas de qualquer forma o que eu quis dizer foi: 52p no ano faz tanta diferença assim no bolso do contribuinte?

      Delete
  3. Morei em Londres e conheço bem essa realidade, muitos criticam ter que bancar a família real, mas o que ela traz de retorno é compensador, principalmente se comparar com o Brasil. Lá se ver para onde vai o dinheiro investido, educação, saúde, transporte, cultura e td mais. É um dinheiro bem pago.

    ReplyDelete
    Replies
    1. eu concordo! No Brasil a gente paga muito mais pra ter um bando que nao traz retorno nenhum. Na Inglaterra pelo menos eles trazem muito dinheiro através do turismo, venda de souvenirs, etc.

      Delete